PASTORAL DO DÍZIMO
dizimo-03.jpeg

A Pastoral do Dízimo tem a missão de evangelizar e conscientizar os paroquianos sobre sua responsabilidade para com a comunidade onde vive e da qual faz parte, contribuindo em todos os sentidos para com essa mesma comunidade e toda a Igreja.

Mais do que fazer dinheiro e aumentar a renda da paróquia,

o objetivo primeiro da Equipe de Pastoral do Dízimo é:

a) Conscientizar os fiéis sobre as dimensões do dízimo: Religiosa, Social e Missionária;

b) Mostrar que o dízimo é um ato de fé, de esperança e de caridade;

c) Testemunhar a alegria de uma vida agradecida a Deus, através da devolução mensal do Dízimo.

Hoje a pastoral conta com uma equipe de 19 pessoas, sob coordenação de Rodolfo e Márcia Consoline, que atuam ativamente para que os objetivos acima sejam cumpridos.

Isto é feito através do Plantão do Dízimo nas missas, no apoio às atividades da paróquia (Vigília de Páscoa, Cerco de Jericó, Confecção dos Tapetes de Corpus Christi, etc.) e nas mensagens e orações pelos dizimistas que são passadas nas missas.

Rodolfo e Márcia explicam que estavam sem participar de nenhuma pastoral, atuando somente nas festas (eles coordenam também a barraca do Churrasco), porém já tinham passado pela pastoral familiar e pelo ECC. Eles sentiam que lhes faltava algo, foi quando receberam o convite para a pastoral do Dízimo:

“Já tínhamos participado da pastoral do Dízimo na paróquia Nossa Senhora das Neves,

e assim que recebemos o convite ficamos muito felizes e aceitamos prontamente.”

Membros mais antigos da pastoral, Sérgio e Telma nem se lembram mais, há quanto tempo fazem

parte da pastoral, mas se lembram claramente de como começaram:

“Entramos por solicitação e convite do Padre Bosco, para auxiliarmos no balcão do Dízimo,

e esta foi a maneira como cristãos de contribuirmos ativamente com as necessidades da Igreja.”

Como muitas pessoas, eles tinham uma outra impressão sobre os trabalhos da pastoral,

que logo foi substituída à medida que se aprofundaram nas atividades:

“Quando recebemos o convite, já fomos dizendo ao padre que se fosse para cobrarmos alguém, nós não aceitaríamos, uma vez que o Dízimo deve ser espontâneo e consciente...e para nossa “surpresa”, essas atividades de cobranças não existiam.  Que Maravilha! Então, aceitamos participar

e nos encontramos nela até hoje”.

 

Desde então, a equipe foi crescendo, e crescendo, seja por procura, como a Marli e o Eraldo...

“Meus filhos fizeram catequese e crisma no Santuário São Judas, fizemos o ECC de 1ª, 2ª e 3ª etapa,

meu círculo perdurou por 8 anos, todos se engajaram em uma pastoral,

e nós escolhemos a pastoral do dízimo.”

 

...seja por convite, como menciona Cláudio Silva, membro mais novo da pastoral:

 “Entrei em julho/2018, e aceitei porque fui convidado por pessoas maravilhosas, para fazer parte

de forma atuante com intuito de fortalecer a comunidade e a religião a qual eu pertenço.”

 

Aliás, os próprios membros foram os que mais contribuíram para o seu crescimento e fortalecimento.

 “Estávamos totalmente afastados da igreja, quando vimos uma faixa anunciando ECC 2013

no Santuário São Judas, creio que nosso chamado foi ali.”, contam Lucilene e Júnior.

 

“Fizemos o ECC, participamos de um círculo que perdura até hoje, e fomos convidados

por um casal desse círculo (Marcelo e Vanessa) para participar da Pastoral. 

 Já pensávamos sobre a necessidade de ajudarmos a comunidade, mas nos preocupávamos com a nossa falta de tempo, em virtude de termos dois filhos pequenos, e tínhamos receio de assumir esse compromisso e não conseguir cumprir com o mesmo. Hoje ainda temos esse receio, porém estamos caminhando há mais de três anos na Pastoral, ajudando sempre que possível, e é muito gratificante poder fazê-lo, sentir-se parte da comunidade, é sentir-se mais próximo de Deus.”

 

Assim como convidaram a Lucilene e o Júnior, Marcelo e Vanessa foram convidados da mesma forma:

“Desde 2012 frequentamos o Santuário São Judas Tadeu, inicialmente frequentávamos as missas de domingo às 10hs, em uma dessas celebrações, fomos convidados pelo Paulo (coordenador da pastoral do dízimo na época) a compor a equipe. Aceitamos o convite, migramos para a missa das 8hs da manhã, onde iniciamos oficialmente nossas atividades como agentes de pastoral, posteriormente fomos para as missas de sábado às 17hs, permanecendo até hoje. Pouco tempo depois, já como agentes, nos tornamos também dizimistas, desde então somamos bênçãos as nossas vidas. “

 

Este é um aspecto importante do trabalho pastoral: O acolhimento a quem deseja contribuir dentro da comunidade, como reafirmam abaixo Tânia e Roberto:

“Eu tenho duas igrejas próximas à minha casa, mas só me senti acolhida no Santuário São Judas quando comecei a levar meus filhos para a catequese. A partir desse momento não consegui mais deixar de frequentá-la. Nesse período ia sozinha com meus filhos, meu marido dizia que não precisava frequentar a igreja para rezar, pois rezava em casa mesmo (e também porque jogava bola nesse horário...rs). Comecei a participar da pastoral da liturgia o que me deixou mais próxima de Deus até que um dia meu marido sofreu um acidente de moto ficando impossibilitado de jogar bola e resolveu me acompanhar na igreja, sendo tocado por Deus e começando a participar fielmente das missas de domingo. Um dia, um anjo de Deus, o Sr. Otacílio fez o convite para participarmos da pastoral do dízimo e meu marido aceitou prontamente. Hoje só tenho a agradecer pela conversão do meu marido e por participar de uma equipe tão maravilhosa como a do dízimo. Amigos maravilhosos e nos faz sentir que temos uma missão, a de evangelizar ajudar o próximo e a nossa comunidade. Nos sentimos amados, acolhidos e queremos ajudar a todos que cruzam nossos caminhos”.

Equipe:

Rodolfo e Márcia Consoline              

Sérgio e Telma Novelli

Claudio Silva    Selma de Souza

Marcelo e Vanessa Guedes

Eraldo e Marli Oliveira

Roberto e Tânia Madeira

 Júnior e Lucilene Sales

Rui e Neusa

Andréia Crós

Francielli de Lima

Paulo Roberto

dizimo-01.jpeg
dizimo-02.jpeg
SANTUÁRIO
SÃO JUDAS TADEU

Pároco e Reitor: Pe. Welson O. Nogueira 
Vigário: Pe. Elísio Mello

Fundação: 17 de Outubro de 1970.
Elevação a Santuário: 28/12/2006.

LOCALIZAÇÃO

Rua da Verdade, 269, Vl. Harmonia

Guarulhos/SP - CEP 07061-052

 

FALE CONOSCO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2019 Santuário São Judas Tadeu - Diocese de Guarulhos.