PASTORAL DA LITURGIA

Veja a foto nesta página.

O grupo que aparece é uma parte da Pastoral da Liturgia da Palavra.

Mas quem são eles? O que fazem na igreja? Como trabalham?

Acompanhe agora para saber mais sobre esta pastoral.

Para começar, precisamos saber que a Missa,

segundo a Instrução Geral do Missal Romano (IGMR),

é dividida em 4 partes principais: Ritos Iniciais,

Liturgia da Palavra, Liturgia Eucarística e Ritos de Conclusão.

Como o próprio nome já revela, esta pastoral foca na segunda parte.

A Liturgia da Palavra, durante a missa,

é constituída pelas leituras da Sagrada Escritura,

o salmo de meditação, o Evangelho, a homilia,

a profissão de fé (o Creio) e a oração universal (oração dos fiéis).

O anúncio do Evangelho e a homilia são prerrogativas

do presidente da celebração e o Creio é manifestação

de fé da assembleia reunida.

A Pastoral da Liturgia da Palavra se encarrega do comentário inicial,

das leituras que antecedem ao Evangelho, do Salmo Responsorial

(quando o Ministério de Música não o fizer)  e das preces da comunidade.

São os leitores que sobem ao presbitério e proclamam

as leituras durante as Missas.

Esta proclamação é feita de um local muito especial

chamada Ambão, que é a Mesa da Palavra.

Um detalhe na frase anterior é importante:

os leitores não leem o texto bíblico.

Eles proclamam a palavra que vem de Deus.

Quando está proclamando as Escrituras,

o leitor empresta a sua voz para que a Palavra de Deus

chegue ao povo ouvinte. É o próprio Deus que fala através de sua voz.

Por isso mesmo as leituras terminam com a aclamação “Palavra do Senhor”.

Para desempenhar seu papel corretamente,

o leitor não pode simplesmente chegar na Missa,

se dirigir ao ambão e ler o texto bíblico.

Para uma atividade adequada e efetiva, o leitor deve:

  1. Entender o que vai proclamar para dar a entonação, as pausas e as ênfases corretas. Isso é preparação que deve ser feita antes da missa.

  2. Ler com voz firme, alta e pausada. Isso é treinamento antes da missa e execução caprichada durante a missa.

Em cada missa de final de semana, são 4 leitores

(um comentarista, dois leitores dos textos bíblicos e um precista).

E nas missas durante a semana, são 3 leitores em cada celebração.

Quando olhamos para a foto, parece muita gente.

Mas o nosso Santuário tem muitas celebrações que

contam com a nossa participação.

Só no dia 28, dia do padroeiro São Judas Tadeu,

são 6 missas (24 leitores!). Ainda bem que somos muitos

pois quando muitos dividem o trabalho,

ninguém sente o fardo.

Fazemos uma escala mensal para saber, com antecedência,

quem vai servir em cada missa e nos comunicamos

por meio de um grupo de Whatsapp para divulgar

as escalas e para acertar detalhes.

Por exemplo, quando alguém não pode atender a uma escala,

avisa no grupo e outro leitor substitui.

Dentro dos eixos da comunicação na igreja

(Anúncio, Serviço, Diálogo e Testemunho),

a Liturgia está classificada no eixo do serviço pois sua missão

é proporcionar um ambiente propício ao recebimento da Palavra de Deus.

Ser um leitor na Pastoral da Liturgia da Palavra é um privilégio

porque é um chamado de Deus para o serviço.

Se você sente este chamado, venha conversar conosco.

Que a Paz de Deus esteja sempre com você.

SANTUÁRIO
SÃO JUDAS TADEU

Pároco e Reitor: Pe. Welson O. Nogueira 
Vigário: Pe. Elísio Mello

Fundação: 17 de Outubro de 1970.
Elevação a Santuário: 28/12/2006.

LOCALIZAÇÃO

Rua da Verdade, 269, Vl. Harmonia

Guarulhos/SP - CEP 07061-052

 

FALE CONOSCO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2019 Santuário São Judas Tadeu - Diocese de Guarulhos.