DONA MARIQUINHA

Professora Maria Andrade Pires,

ou carinhosamente, chamada Dona Mariquinha, sem dúvida deve ser o primeiro nome mencionado ao  contar a história desta paróquia, pois ela foi o alicerce desta Comunidade.

  Quem com ela conviveu,  nos traz a imagem de uma apóstola, de uma batalhadora incansável, que andava sempre com um terço nas mãos, de casa em casa,  sendo exemplar devota de Maria e deixando como grande ensinamento:  a dedicação, a  doação, o amor e a  fé. 
  Consta que, antes da construção da capela, os fiéis católicos do bairro participavam das celebrações na igreja Santo Antônio de Gopoúva e do  Colégio dos Padres, isto entre 1948 até 1956.

  A doação do terreno, onde hoje vemos com muito orgulho, erguida a nossa aconchegante capela, ocorreu em 30 de agosto de 1953.

  Hoje, em homenagem à Dona Mariquinha, a praça em frente nossa Igreja é batizada com o nome dela.

COMISSÃO PRÓ-CONSTRUÇÃO

Também em 1953, com a liderança de Dona Mariquinha, foi formada a comissão Pró-Construção da Capela, e contamos com  os seguintes colaboradores: Maria Andrade Pires, Pedro dos Santos, José Severino de Almeida, Agenor Moreira Pinto, José Fernando Berzaghi, Arlindo Machado, Justino Patean e Juvenal Belo.

<<   PRIMEIRA MISSA

Em 1956 aconteceu a primeira Missa campal celebrada pelo padre Ângelo Gioielli e a primeira quermesse no terreno doado.

CONSTRUÇÃO DA CAPELA

A construção da capela teve início em 1959, erguida graças ao amor e esforço braçal do senhor Justino e da comissão que angariava fundos, isto até 1968, quando se deu por completa a construção. Toda a água consumida na construção era vertida de um poço no terreno em frente e gentilmente cedida pelos proprietários, o senhor José Francisco Toito sua esposa Dona Jeremina da Purificação Toito, que ativamente continuaram colaborando como tantos outros na construção desta comunidade.

A capela terminada era para esta pequena vila, o símbolo do esforço e da fé. Em um dia muito especial, esta capela passou a ser também o símbolo da vitória, quando pela primeira vez, como doce melodia, soou pelos ares o tinido sonoro do sino que reunia os devotos de São Judas Tadeu. O sonho para muitos estava realizado, mas para outros eram simplesmente os primeiros passos. Este sino, que a torre guarda até hoje, foi conseguido graças a iniciativa do senhor José Francisco Toito, que organizou uma lista de arrecadação entre seus amigos, principalmente os da Vila Guilherme 

em São Paulo.

<< FUNDAÇÃO DA PARÓQUIA

Aos 17 de outubro de 1970, às 16 horas, na presença de Dom Paulo Rolim Loureiro, bispo da Diocese de Mogi das Cruzes, aconteceu a solene instalação da Paróquia São Judas Tadeu, no bairro

Torres de Tibagi.

Após a instalação foi empossado o Primeiro Pároco da Paróquia o Padre Tarcísio Miotto, que

permaneceu até 1974.

PRIMEIRO PADRE   >>

No período de 1974 a 1980, muitos padres de outras paróquias aqui estiveram se doando e prestando serviços a esta comunidade, sendo de gratidão a lembrança do Padre Manoel.

Depois do Padre Manoel, a comunidade ficou mais ou menos um ano sem padre fixo, mas não parou, pois tivemos a colaboração do Padre João Miazzi, Cônego Pedro Rosa de ToledoPadre Boleslau e os seminaristas Antônio Correia, ordenado na cidade de Piracicaba e Berardo Graz que foi ordenado nesta diocese em 09 de março de 1979. Contam-nos que estes seminaristas muito se doaram pela comunidade que nascia.

PASTORAIS E SETORES  >>

Durante a permanência do Pe. Berardo deu-se início a formação das primeiras pastorais e a divisão desta região paroquial em setores, onde os leigos começaram a ter mais compromisso pastoral. Todas as pastorais realizavam seus trabalhos nas casas dentro dos setores. Importante ressaltar que o hoje o Papa Francisco está novamente incentivando o que foi vivido naquela época. Os Setores permanecem até os dias de hoje, com a missão de evangelizar e ajudar a comunidade carente fora da Igreja.

<<
CONSTRUÇÃO DA IGREJA MAIOR

Em 1979, com o crescimento da comunidade, viu-se a necessidade de mais espaço para as celebrações, e, através de um acordo com a família de D. Mariquinha, a Igreja conquistava um novo espaço para a construção de uma Igreja maior.

O Pe. Berardo deixou a paróquia no ano de 1980, assumindo em seu lugar, o saudoso Pe. Inácio que deu início a construção, este padre permaneceu até o ano de 1984. Padre Inácio também foi um grande colaborador para o crescimento da Comunidade, pois participava ativamente da vida dos fiéis, inclusive dentro dos setores, incentivando a evangelização diretamente nas casas das famílias.

Em 1984 tomou posse como Pároco, o Pe. Lazinho que deu continuidade a construção da Igreja. O Pe. Lazinho permaneceu até o ano de 1990, também deixando sua significante contribuição para a construção da Igreja.

Em 1990 tomou posse o recém-formado Pe. Elísio Mello, e assim com o passar dos anos a comunidade foi crescendo cada vez mais, pois os devotos de São Judas vinham de todos os lugares, desde o redor da Igreja, como também de outros lugares de São Paulo e até mesmo do interior do Estado.

REFORMA DA CAPELA

 Com a visita de tantos devotos, a Igreja de São Judas começou a ficar cada vez mais conhecida. Padre Elísio, juntamente com a Comunidade sentiu a necessidade de aumentar o tamanho da Igreja, para acolher melhor os fiéis. Este pároco conseguiu a compra do terreno ao lado da Igreja maior e trabalhou muito, arrecadando fundos. Primeiramente foi reformada a Capelinha, construída em 1959, que estava em condições precárias devido ao tempo que fora construída.

Altar antes da Reforma
Capela - Início da Reforma
Altar durante Reforma
Altar após Reforma
Capela após Reforma
<< AMPLIAÇÃO DA IGREJA MAIOR

Após a Reforma da Capelinha, e com a arrecadação de donativos, sempre com a ajuda da incansável comunidade, no ano de 1996,  Pe. Elísio, começou a reformar e ampliar a Igreja Maior.

Esta ampliação mexeu com toda a estrutura da Igreja, inclusive, mudando a sua entrada principal.

DEDICAÇÃO E CONSAGRAÇÃO
DA NOVA IGREJA
Altar após Reforma
Altar antes da Reforma
Igreja durante Reforma
Igreja após Reforma

No dia 26 de Abril de 1998, o saudoso bispo Dom Luiz Gonzaga  >>

Bergonzini fez a celebração da Dedicação e Consagração da Nova Igreja que hoje conhecemos, e, neste ano, completou-se 20 anos desta benção no altar.

PLACAS DE DEDICAÇÃO DA IGREJA
SANTUÁRIO
SÃO JUDAS TADEU

Pároco e Reitor: Pe. Welson O. Nogueira 
Vigário: Pe. Elísio Mello

Fundação: 17 de Outubro de 1970.
Elevação a Santuário: 28/12/2006.

LOCALIZAÇÃO

Rua da Verdade, 269, Vl. Harmonia

Guarulhos/SP - CEP 07061-052

 

FALE CONOSCO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2019 Santuário São Judas Tadeu - Diocese de Guarulhos.